Queda em março é de 21,7% e situação deve piorar

Diante de uma queda de 21,7% nas vendas em março (2.090 unidades licenciadas) e a alta incessante do dólar, os importadores estão pedindo a redução da alíquota de importação de 35% para 20%.

João Henrique Garbin de Oliveira, presidente da Abeifa, a associação dos importadores, que divulgou nesta quinta-feira (2) os dados do setor em março, disse que, se foram confirmadas as projeções de queda nas vendas de automóveis novos este ano da ordem de 40%, como está previsto, os importadores correm  sério risco também de inviabilizar a operação.

O temor é que a situação piore nos próximos meses, pois março ainda contou com um período de boas vendas, na primeira quinzena, quando as concessionárias trabalharam a todo o vapor.

O resultado do trimestre é de uma pequena queda, de 4,4%, com 7.165 unidades vendidas, contra 7.496 no primeiro trimestre do ano passado.

João Henrique Garbin de Oliveira disse que o dólar teve aumento de 30,7% somente nos três primeiros deste ano e diante do cenário de desaceleração da economia brasileira e mundial, nos próximos meses, a Abeifa está preocupada com a própria sobrevivência dos importadores e sua rede de concessionárias.

fonte: https://www.autoinforme.com.br/crise-leva-importador-a-pedir-reducao-de-imposto/